sábado, julho 30, 2005

Procuro-me...



Procuro-me!

Procuro-me pelas florestas,
Mas lá não me encontrei
Busco-me nas finas arestas
Das lágrimas que derramei…

Procuro-me pelos mares…
Onda a onda… me aguardo,
Voando como gaivota pelos ares
À deriva em rumo salgado.

Procuro-me no som dos breves olhares…
Acerco-me da lua com distantes aromas…
Não, aqui estás… sem estares
Sim, «estás aqui» … mas entre comas.

Procuro-me… procurando-me…
Achando, que me acho
Acho que vou encontrando-me…
Em locais perdidos onde me encaixo!

Vou-me… e aqui me fico
Pertenço a este Eu, que não eu
Fico-me… e daqui me dissipo,
Para outro mundo, que não será este o meu.

Procuro-me e não me acho…
Onde estou eu?!

6 comentários:

BB (O.ö) disse...

No meu coração....

Te (Desnickada) disse...

Gostei :)

Anónimo disse...

da foto já sabes, do resto também...(sim já sei, é telegráfico, depois actualizo ehehe, ai pobrezito que levas com a "seca")
MJ

Nokinhas disse...

Kido amigo....que lindo o que escreveste....aliás como sempre. Continua a procurar, pela certa vais encontrar, pois mereçes....Será que se mederes 30 contos eu consigo ajudar-te a achar????? Bem...enfim. Beijoquinhas lindo ;0)

meiguinho disse...

adorei o blog.continua assim.esta muito fixe mesmo.ate levas geito para a coisa.abraços

AlmaAzul disse...

...não sei onde mas certamente estás num "local" agradável...
Nem sempre é importante onde estamos mas o que estamos a fazer aí...
Gostei muito de te ler, escreves brilhantemente! Obrigada pela partilha. :)
***azuis