domingo, novembro 11, 2007

Profundo como o mar...

… Profundo como o mar, surge este sol que ilumina as ondas, tornando visível o seu próprio trilho até um par de pés frios e molhados que anseiam mergulhar na superfície mais profunda de outro mar de sal que não aquele que nasce no seu olhar.
Lá longe, nas profundezas do oceano, habita ainda o destino que um dia a saudade traçou com um pau perdido nas areias de uma praia qualquer. As palavras que escritas foram na areia e apagadas pela fúria de uma onda qualquer… são agora segredadas, pelo vento, às folhas das árvores que vão dançando ao sabor da sua música.

… Profundo como o mar… é o caminho que se esconde à sombra da transparência dos nossos olhos. Contornamos com lágrimas os mesmos sorrisos invertidos que as ondas desenham na praia… e limpamos o rosto com os poros da nossas mãos… imaginando… grãos de areia a filtrar o mar do sal.

Lá longe, está ainda refém das vontades, a essência daquilo que nos faz crescer. O sol não adormece no mar… apenas se ausenta no profundo fundo do nosso olhar.

Adormecemos na ânsia de acordar e esquecemos que navegamos continuamente nas profundezas do mar.
A sombra sombreou por si

6 comentários:

deKruella disse...

A esperança reside de que um dia, as palavras segregadas pelo vento transponham a barreira oferecida pelas folhas e pelos troncos e que definam a sua musicalidade ao ouvido da pessoa a quem foram dirigidas!
Para que o acordar emerja da profundeza oceânica e transforme um sorriso invertido na transparência alegre de um olhar...mais profundo...que o mar!

Zuzinha disse...

As folhas caem, sem ser desgastadas pelo ar embriagado de uma onda que suspira o sal...
Sem azul, vão expirando o seu inodor suspirante de uma brisa marítima que se intimida a aproximar...
Ouve-se, ao perto, um respirar profundo de um olhar ténue que quer espreitar...vergonhoso...inconsequente...
Beijo
*GMDT*

nuvem disse...

Já não passava por aqui há uns tempos...

Gostei muito do texto.

Um beijo

Dalaila disse...

Feliz aniversário, foi ontem... e eu sei número para te ligar

beijo grande poético

Andrea disse...

Um beijo...

Cláudia Faro Santos disse...

plim*